domingo, 17 de agosto de 2008

Afinações

Há dias e noites pouco inspirados, em que o que tentamos fazer não nos sai em condições ou de acordo com o que queríamos e aborrecemo-nos com isso. É nessas alturas que, por vezes, resolvemos fazer as coisas apenas por fazer ou para ver no que dá, sem pensarmos no objectivo final e sem esperarmos sequer que saiam de forma minimamente aceitável e eis que somos surpreendidos e algo resulta bem ou, pelo menos, com um aspecto razoável. Claro, que pode ser apenas porque o que foi realizado antes ficou tão mal que é difícil igualá-lo na falta de qualidade, ou porque, nesse momento, as nossas expectativas já estão tão baixas ou ausentes que qualquer coisa efectuada a partir daí pode ser saldada como positiva. O facto é que, de qualquer modo, é engraçado constatar como, não raras vezes, quando menos esperamos ou quanto menos esperamos, melhor as coisas resultam.
Sophia

2 comentários:

Rendeiro disse...

o que tu estavas a fotografar sei eu... :P acabaste por nao tirar fotos foi à instalação das garrafas.

Sophia Pena disse...

Ai sabes!?
Então, já que és tão perspicaz, diz-me, porque nem eu sei muito bem.
Pois, não tirei à instalação das garrafas, porque não acho piada. Mas, podemos sempre considerar os alhos que deixaram lá esquecidos uma instalação! :P lol